Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Ainda bem que Globo trocou atriz branca por negra

Miguel Arcanjo Prado

15/12/2017 11h45

Carol Castro (esq.) perdeu papel na novela das 21h para Roberta Rodrigues (dir.): ainda bem – Fotos: Divulgação/Globo

A Globo trocou uma atriz branca por uma atriz negra pela primeira vez na história, como noticiaram os colegas jornalistas Daniel Castro e Luciano Guaraldo no Notícias da TV, site parceiro do UOL.

Ainda bem.

A substituição de Carol Castro por Roberta Rodrigues em “Segundo Sol”, próxima novela das 21h escrita por João Emanuel Carneiro, além de histórica, demonstra que o departamento de elenco da emissora acordou para a realidade do Brasil, país bem diferente da elite da zona sul carioca que costumava imperar em suas tramas.

Se durante praticamente toda a trajetória da televisão brasileira artistas negros foram relegados ao segundo plano, com papéis sem subjetividade e mergulhados no estereótipo empregada/bandido, isso não é mais aceitável nos tempos atuais.

Não queremos mais histórias como a de Isaura Bruno (1926-1977), atriz negra que viveu a icônica Mamãe Dolores na novela “O Direito de Nascer” (1964) e que morreu triste, pobre e esquecida, vendendo doces nas ruas para sobreviver.

Grandes artistas negros como Ruth de Souza, Zezé Motta, Antônio Pompêo, Léa Garcia, Norton Nascimento, Grande Otelo e tantos outros tiveram pouquíssimas personagens na TV à altura de seus talentos, isso por conta do forte racismo que imperou no audiovisual brasileiro, em sua maioria comandado por homens brancos.

Nestes novos tempos, os negros, antes silenciados, agora reverberam suas críticas nas redes sociais, exigindo representatividade no audiovisual.

Então, a Globo, que durante muitos anos reforçou estereótipos racistas em seus folhetins, não está sendo “boazinha” ao colocar Roberta Rodrigues em um papel de destaque em sua principal novela.

A emissora carioca apenas se adequa aos novos tempos, nos quais não é mais tolerável que artistas brancos ganhem todos os personagens de destaque em um folhetim ou qualquer outra produção do audiovisual, enquanto atores negros vivem personagens subalternos e estereotipados.

E, no caso da novela de João Emanuel Carneiro, ainda há algo importante a se lembrar. A trama se passa na Bahia, estado de maior população negra no Brasil.

População esta tantas vezes embranquecida em produções da Globo, como nas muitas adaptações de livros de Jorge Amado.

“Tieta”, novela de 1989 adaptada por Aguinaldo Silva a partir do romance do autor baiano, apresentou ao grande público uma Bahia habitada por personagens brancos, completamente irreal quando comparada à verdadeira Bahia.

Isso não mais será possível em “Segundo Sol”. Que bom.

Siga Miguel Arcanjo no Instagram
Curta Miguel Arcanjo no Facebook
Siga Miguel Arcanjo no Twitter

PS. Quem quiser entender melhor o lugar terrível que a TV deu aos atores negros durante todo o século 20, basta assistir, abaixo, ao ótimo documentário “A Negação do Brasil”, do cineasta Joel Zito Araújo:

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista formado pela UFMG, pós-graduado na USP e mestrando em Artes na UNESP. É vice-presidente da APCA. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV UFMG, O Pasquim 21, TV Globo, Curso Abril de Jornalismo, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, R7, Record e Record News.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo conta de um jeito leve e inteligente o que rola nos palcos e nos bastidores do mundo do Entretenimento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Topo