Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Crítica: Ricardo Nolasco se firma como um diálogo ambulante no Festival de Curitiba

Miguel Arcanjo

04/04/2017 10h47

Ricardo Nolasco em diálogo profundo com as ruas curitibanas – Foto: Samira Chami Neves/Clix

Por Miguel Arcanjo Prado
Enviado especial a Curitiba*
Fotos Samira Chami Neves

Ricardo Nolasco é uma das figuras mais inquietas do teatro paranaense. Espécie de herdeiro direto de Zé Celso por aquelas bandas, neste Festival de Curitiba ele apresenta a peça “Momo: Para Gilda com Ardor”.

A obra é uma homenagem à barbuda travesti Gilda, icônica personagem do centro curitibano na década de 1970, que beijava os transeuntes no calçadão da rua XV de Novembro, e que morreu em 1983.

Em sua obra, Nolasco faz de Gilda um emblema da resistência contra toda a caretice e crueldade da família conservadora, em um desbunde ousado que sai do Teatro José Maria Santos e passeia pelas ruas do centro histórico de Curitiba, com o ator repetindo os beijos roubados de Gilda.

Ricardo Nolasco: antropofágico e libertário – Foto: Samira Chami Neves/Clix

O ator assume no programa que a peça é uma “carta manifesto psicomagia rito jocoso para Curitiba carregada de sarcasmo e ironia”. Evocar Gilda, no contexto atual conservador curitibano, é um recado imenso por si só.

Se coragem e desbunde não faltam, a obra ainda está recheada de encontros antropofágicos de Nolasco com outros artistas tão potentes quanto ele, como Stefano Belo, Patricia Cipriano, Patricia Saravy, Marina Viana, Victor Hugo, Leonarda Glück, Melina Mulazani, Luciano Faccini, Márcio Mattana, Daniela Passarinho, Leo Bardo, Simone Magalhães e, claro, Alejandro Jodorowsky, uma das principais fontes de inspiração conceitual para o espetáculo.

Em “Momo: Para Gilda com Ardor”, Ricardo Nolasco se firma como um diálogo ambulante e carnavalesco no Festival de Curitiba. E na vida.

Stefano Belo e Ricardo Nolasco no cortejo com o público – Foto: Samira Chami Neves/Clix

Ricardo Nolasco no palco do Teatro José Maria Santos – Foto: Samira Chami Neves/Clix

*O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Curitiba. 

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista formado pela UFMG, pós-graduado na USP e mestrando em Artes na UNESP. É vice-presidente da APCA. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV UFMG, O Pasquim 21, TV Globo, Curso Abril de Jornalismo, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, R7, Record e Record News.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo conta de um jeito leve e inteligente o que rola nos palcos e nos bastidores do mundo do Entretenimento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Blog do Arcanjo
Topo