Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Blog do Arcanjo escolhe melhores do teatro no 2º semestre de 2017

Miguel Arcanjo Prado

21/12/2017 13h10

Teatro foi recheado de bons espetáculos e grandes atuações em 2017 – Fotos: Divulgação

O segundo semestre de 2017 foi cheio de espetáculos que impressionaram e conquistaram o público. O colunista e crítico Miguel Arcanjo Prado, que acompanha a cena de perto, escolhe os destaques no segundo semestre de 2017 aqui no Blog do Arcanjo do UOL. Veja os indicados.

Confira também os indicados no primeiro semestre

Melhor espetáculo
“As Criadas'' (dir. Radoslaw Rychcik)
“Dilúvio'' (dir. Gerald Thomas)
“O Rei da Vela'' (dir. Zé Celso)
“Pink Star'' (dir. Rodolfo García Vázquez)
“Preto'' (dir. Marcio Abreu)
“Tchékhov É um Cogumelo'' (dir. André Guerreiro Lopes)

Melhor dramaturgia-texto
Célia Regina Forte, por “Amigas, pero no Mucho''
Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, por “Pink Star''
Marcio Abreu, Grace Passô e Nadja Naira, por “Preto''
Miguel Falabella, por “O Som e a Sílaba''
Vitor de Oliveira e Carlos Fernando Barros, por “Angel''

Melhor direção
Bia Lessa, por “Grande Sertão: Veredas''
Lee Taylor, por “Doc.A.A.A.''
Marcio Abreu, por “Preto''
Miguel Falabella, por “Hebe, O Musical''
Zé Celso, por “O Rei da Vela''

Melhor ator
Caio Blat, por “Grande Sertão: Veredas''
Diego Ribeiro, por “Pink Star''
Eduardo Martini, por “Papo com o Diabo''
Marcelo Nogueira, por “Agnaldo Rayol – A Alma do Brasil''
Renato Borghi, por “O Rei da Vela''

Melhor atriz
Debora Reis, por “Hebe, O Musical''
Grace Gianoukas, por “Hortance, a Velha''
Grace Passô, por “Preto''
Renata Sorrah, por “Preto''
Rebeca Ristoff, por “DOC.A.A.A''

Melhor ator coadjuvante
Adriano Tunes, por “Hebe, O Musical''
Alex de Félix, por “Pink Star''
Dagoberto Feliz, por “Cantando na Chuva''
Sérgio Rufino, por “Cantando na Chuva''
Silvio Eduardo, por “Pink Star''

Melhor atriz coadjuvante

Camila Mota, por “O Rei da Vela''
Giovana Zotti, por “Hebe, O Musical''
Guttervil, por “Pink Star''
Marcia Dailyn,por “Pink Star''
Renata Ricci, por “Hebe, O Musical''

Melhor elenco
“As Criadas''
“DOC.A.A.A''
“Hebe, O Musical''
“O Rei da Vela''
“Pink Star''

Melhor revelação
Anderson Vianna, por “DOC.A.A.A''
Livia Matuti, por “DOC.A.A.A.''
Carla Vazquez, por “Cantando na Chuva''
Paulo Victor Gandra, por “DOC.A.A.A''
Renata Carvalho, por “O Evangelho Segundo Jesus: Rainha do Céu''
Virginia Castellões, por “Roleta-Russa''

Melhor iluminação
Beto Bruel, por “O Rei da Vela''
Caetano Vilela, por “As Criadas''
Cory Pattak, por “Cantando na Chuva''
Rodolfo García Vázquez, por “Pink Star''
Wagner Pinto, por “Dilúvio''

Melhor cenário
Gerald Thomas, por “Dilúvio''
Hélio Eichbauer, Carila Matzenbacher e Marilia Gallmeister, por “O Rei da Vela''
Josh Zanzen, por “Cantando na Chuva''
Juliana Carneiro, por “Hortance, a Velha''
Zezinho Santos e Turíbio Santos, por “O Som e a Sílaba''

Melhor figurino
Billy Eustáquio e Lenin Cattai, por “Pink Star''
Cássio Brasil, por “A Tartaruga de Darwin'' e “Kiev''
Fábio Namatame, por “Cantando na Chuva''
Hanna Maciag, por “As Criadas''
Ronaldo Fraga, por “A Visita da Velha Senhora''

Melhor trilha-música
Dimi Kireeff e Rafael Faustino, por “A Visita da Velha Senhora''
Edinho Carvalho e Abel Luiz, por “É Samba na Veia, É Candeia''
Gerald Thomas e Mauro Hezê, por “Dilúvio''
Ivam Cabral, Rodolfo García Vázquez e Felipe Soares, por “Pink Star''
Michal Lis, Piotr Lis, Gui Amaral, Marcos Leite Till, Zé Pi e Rodrigo Gava, por “As Criadas''

Melhor visagismo
Anderson Bueno, por “Hebe, O Musical''
Eliseu Cabral, por “Hortance, a Velha''
Helio Eichbauer e elenco, por “O Rei da Vela''
Martin Macias, por “Vamp, O Musical''
Todo o elenco, por “Pink Star''

Melhor coreografia/direção de movimento
Alonso Barros, por “Vamp, O Musical''
Emílio Rogê, por “Pink Star''
Fernanda Chamma, por “Hebe, O Musical''
Kátia Barros e Chris Matallo, por “Cantando na Chuva''
Victor Maia, por “60! Década de Arromba – Doc. Musical''

Melhor grupo
Cia. de Teatro Heliópolis
Os Crespos
Grupo Redimunho
Os Satyros
Teat(r)o Oficina

Melhor projeto
Viagem do Coletivo Negro a Angola, África
O Rei da Vela – 50 Anos
Segunda Crespa, do grupo Os Crespos
Segunda Preta, no Teatro Espanca!
Teatro de Contêiner Convida (mostra de diretores e regionais)

Melhor festival
Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia (Fiac)
Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto (FIT)
Festival Latino-Americano de Teatro da Bahia (Filte)
Palco Giratório do Sesc
Satyrianas

Melhor teatro-espaço-programação
Teatro de Contêiner Mungunzá
Teatro Itália
Teatro Porto Seguro
Teatro Renaissance
Teatro Viradalata

Melhor espetáculo internacional
“Amaluna'' (Cirque du Soleil)
“As Aventuras dos Guardiães dos Unicórnios'' (Circo Imperial da China)
“Conferência sobre o Nada'' (Bob Wilson)
“Canção da Terra'' (Yoshi Oida)

Confira também os indicados no primeiro semestre

Siga Miguel Arcanjo Prado no Facebook, no Twitter e no Instagram.

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista formado pela UFMG, pós-graduado na USP e mestrando em Artes na UNESP. É vice-presidente da APCA. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por TV UFMG, O Pasquim 21, TV Globo, Curso Abril de Jornalismo, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, R7, Record e Record News.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo conta de um jeito leve e inteligente o que rola nos palcos e nos bastidores do mundo do Entretenimento.