Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Nada de ódio: Festival Satyrianas aposta no amor com 600 atrações em SP

Miguel Arcanjo Prado

10/10/2018 10h12

Cena da peça "Transex", uma das 600 atrações da Satyrianas 2018: de 11 a 14/10 na praça Roosevelt e mais 20 espaços de SP a "pague quanto puder"; na foto, a partir da esquerda, os atores Maiara Cicutt, Silvio Eduardo, Daniela Funez, Juan Tellategui, Fernanda Custódio e Diego Ribeiro  – Foto: Laysa Alencar – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Haja amor para tanto ódio no Brasil. Em tempos de tantas brigas por conta das Eleições, o festival Satyrianas chega à sua 19ª edição na praça Roosevelt e arredores, no centro de São Paulo, a partir das 16h desta quinta (11) até o domingo (14). Com mais de 600 atrações a "pague quanto puder", enfileira 78 horas ininterruptas de artes. O tema este ano é "Satyrianas do Amor – Sem Medo do Clichê".

O evento ainda comemora a volta de ações culturais na praça Roosevelt, que tinham sido proibidas pela Prefeitura no ano passado e que voltaram a ser liberadas pelo atual prefeito Bruno Covas (PSDB).

Praça Roosevelt voltará a ser ocupada pela Satyrianas: de 11 a 14 de outubro com mais de 600 atrações – Foto: Eduardo Enomoto – Blog do Arcanjo – UOL

Criado por Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, da Cia. de Teatro Os Satyros, o evento é a cara de sua diversidade de corpos e ideias presentes na grande metrópole brasileira.

A Satyrianas também é momento no qual vários artistas da cidade apresentam ao público suas novas criações, sobretudo os atores, dramaturgos e diretores teatrais. Além dos espaços da Roosevelt, outros 20 lugares da cidade recebem ações do evento.

Criações que vêm de lugares além de São Paulo, como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santa Catarina, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Goiás.

A abertura das Satyrianas será com o espetáculo "Corpos Sustentáveis", da Cia. Base, às 16h desta quinta (11) com 18 artistas se revezando em números de dança vertical, nas alturas, pendurados por guindastes em plena praça Roosevelt. Serão oito apresentações seguidas, com 1 hora de duração cada.

Márcia Dailyn, diva da praça Roosevelt e do Satyros, é a Musa do Acadêmicos do Baixo Augusta: esquenta de Carnaval às 18h de quinta (11) na sede do bloco em frente à Igreja da Consolação – Foto: Marcelo Justo/UOL – Blog do Arcanjo – UOL

Às 18h, a bateria do Acadêmicos do Baixo Augusta faz um ensaio para seu animado Carnaval na sede do bloco parceiro do Satyros, em frente à Igreja da Consolação.

A Casa do Baixo Augusta também é palco das atrações musicais do festival, e entre a programação estão shows de Sérgio Guizé e o grupo Tio Che (dia 11, às 23h59), Ana Cañas (dia 13, às 20h) e a banda de rock Fábrica de Animais (dia 13, às 23h).

Além da Casa do Baixo Augusta, o Bar Presidenta e o Espaço Redimunho abrigam músicos e performers. Na praça, será montada no domingo a Tenda TransLúdica, espaço para artistas trans. Já a Gambiarra, parceiro antigo do festival, fará a festa de encerramento, no dia 14, a partir das 23h, no Open Bar Club, em Pinheiros.

O ator e diretor Ivam Cabral, idealizador da Satyrianas: "Nossa ideia é celebrar a cidade" – Foto: Andre Stefano – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

"Nossa ideia é celebrar a cidade, a possibilidade de as pessoas estarem nas ruas, nos espaços públicos. Por isso temos como tema o amor – que embora para muitos possa parecer clichê, é, na verdade, o sentimento que une todos nós que amamos a cidade", afirma Ivam Cabral, idealizador da Satyrianas e diretor e cofundador da Cia. Os Satyros.

O festival terá atividades para crianças e bichos, além de inúmeras ações ao ar livre. "Estamos felizes com o retorno das Satyrianas ao espaço da praça. A Roosevelt é um espaço amplo, democrático e inclusivo que se presta perfeitamente para atividades culturais e esportivas", diz Fernando Mazzarolo, presidente da Associação dos Moradores da Praça Roosevelt (AmoPraça).

Gustavo Ferreira, coordenador geral da Satyrianas, na praça Roosevelt: "Vai ter muito amor e arte por São Paulo" – Foto: Eduardo Enomoto – Blog do Arcanjo – UOL

O evento abraça o centro paulistano em prol de sua revitalização, como lembra Gustavo Ferreira, coordenador geral do Evento. "Em 2018, com a união de espaços e grupos teatrais com programações voltadas para o evento, conseguiremos com que o festival supere o alcance de público, não somente no centro, como em diversos bairros. Vai ter muito amor e arte pela cidade durante os quatro dias", avisa.

Desde 2009, a Satyrianas integra o calendário oficial do Estado de São Paulo, incluído através da Lei 13.750, de autoria do deputado Carlos Giannazi (PSOL). O evento também rendeu à Cia. Os Satyros o Prêmio Especial da Crítica da APCA (2007) e o Prêmio Shell de Inovação (2013).

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes Cênicas pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, TV Globo Minas, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia e Band. Foi eleito duas vezes um dos dez melhores jornalistas de Cultura em Mídia Eletrônica do Brasil pelo Prêmio Comunique-se.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e bastidores do Entretenimento e da Cultura de um jeito leve e inteligente.