Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Satyros vai à China convidado por importante festival de teatro da Ásia

Miguel Arcanjo Prado

22/10/2018 13h22

O ator Ivam Cabral em "Cabaret Fucô": peça do Satyros escrita por ele e Rodolfo García Vázquez foi convidada para se apresentar na China, em Wuzhen, um dos mais importantes festivais da Ásia, onde o grupo paulistano da praça Roosevelt representa o teatro brasileiro internacionalmente – Foto: Andre Stefano – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Prestes a completar 30 anos de trajetória nos palcos em 2019, a Cia. de Teatro Os Satyros, um dos mais importantes grupos de artes cênicas do Brasil, acaba de embarcar para a China.

Lá, se apresentará em Wuzhen, a partir da próxima sexta (26), com o espetáculo "Cabaret Fucô", convidado por um dos mais importantes festivais da Ásia, o Wuzhen Theatre Festival.

A obra com dramaturgia de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez e direção do último, fundadores do grupo, aborda, em um cabaré de variedades, os dilemas do Brasil atual, como os crescentes discursos repressivos contra grupos sociais, prestes a tomarem o poder político da nação. Tudo tendo como inspiração a genial obra do filósofo francês Michel Foucault (1926-1984).

Capitaneados por Ivam e Rodolfo, o grupo com 16 artistas representa o teatro brasileiro do outro lado do mundo. Todos embarcaram na madrugada desta segunda (22), no Aeroporto Internacional de Guarulhos. A viagem até Wuzhen, distante a 18.500 km de São Paulo, deve durar pouco mais de 24 horas.

Rumo à China: artistas da Cia. de Teatro Os Satyros posam dentro do avião pouco antes da decolagem para um dos mais importantes festivais da Ásia, em Wuzhen, onde vão apresentar a peça "Cabaret Fucô" – Foto: Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Viajaram para a China com o Satyros os artistas Ivam Cabral, Rodolfo García Vázquez, Gustavo Ferreira, Henrique Mello, Eduardo Chagas, Robson Catalunha, Julia Bobrow, Sabrina Denobile, Fabio Penna, André Lu, Bel Friósi, Silvio Eduardo, Felipe Moretti, Felipe Soares, Flávio Duarte e Fábio Vanzo.

"É uma experiência que eu jamais imaginava passar na minha vida. Nunca se imagina que um país como a China poderia convidar um grupo de São Paulo, da praça Roosevelt, para atuar lá", afirmou, emocionado, Ivam Cabral, ao Blog do Arcanjo no UOL, pouco antes do embarque.

"É o 18º país no qual a gente vai se apresentar, entre tantos inusitados como Cuba, Bolívia e Estados Unidos, por exemplo", lembrou Ivam, antes de completar: "É um orgulho muito grande poder fazer essa trajetória".

Rodolfo García Vázquez, diretor e cofundador do Satyros, que vai à China: "Temos identidade forte com a praça Roosevelt, mas estamos o tempo inteiro dialogando com outros países", diz – Foto: Bob Sousa – Blog do Arcanjo – UOL

Rodolfo García Vázquez, que chegou poucas horas antes de Cuiabá, onde coordena a MT Escola de Teatro, para o embarque para a China, definiu a viagem como parte de "um momento bem interessante da trajetória do Satyros".

"A gente tem uma carreira que é marcada por muitos trabalhos fora do Brasil. E é engraçado, porque temos essa identidade tão forte com a praça Roosevelt, mas, ao mesmo tempo, estamos o tempo inteiro dialogando com outros países", observou.

"Esse festival surgiu de uma forma inesperada, porque foram eles quem nos procuraram. Ficamos lisonjeados com esse convite, afinal, é um dos mais importantes festivais da Ásia", lembrou.

"Vamos ter legendas em chinês e em inglês para que o público possa curtir o espetáculo", avisou Rodolfo.

"Estamos muito animados e curiosos para ver como os chineses vão receber nosso trabalho. Vamos ver o que vai acontecer", finalizou o diretor, antes de entrar no avião.

Siga Miguel Arcanjo Prado no Instagram

Os atores Silvio Eduardo, Ivam Cabral, Robson Catalunha, Henrique Mello e Gustavo Ferreira em cena de "Cabaret Fucô": peça brasileira do Satyros terá quatro sessões em um dos mais importantes festivais de teatro da Ásia, em Wuzhen, na China, entre 26 e 28 de outubro – Foto: Andre Stefano – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes Cênicas pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, TV Globo Minas, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia e Band. Foi eleito duas vezes um dos dez melhores jornalistas de Cultura em Mídia Eletrônica do Brasil pelo Prêmio Comunique-se.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e bastidores do Entretenimento e da Cultura de um jeito leve e inteligente.