Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Isadora Ribeiro será rainha medieval e coronel do Exército no cinema

Miguel Arcanjo Prado

2017-04-20T19:08:42

17/04/2019 08h42

A atriz Isadora Ribeiro: dois longas, participação em série e peça de sucesso no Festival de Teatro de Curitiba: "Agora quero fazer série em São Paulo", avisa – Foto: Annelize Tozetto @annelizefotografia – Divulgação Festival de Curitiba – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Um das mulheres mais belas da história da televisão brasileira, Isadora Ribeiro celebra ter acabado de filmar dois longas, feito uma participação em seriado e ainda ter se destacado no 28º Festival de Teatro de Curitiba na peça com a qual celebra 30 anos de carreira. E ela deseja mais: "Quero fazer séries em São Paulo".

Atriz que marcou época em novelas como "Pedra sobre Pedra", "Mulheres de Areia" e "Torre de Babel", ela estava longe da TV desde 2011, quando fez "Amor e Revolução" no SBT. Até que recebeu um convite.

"Fui convidada para fazer uma participação especialíssima na série 'República do Peru'. Faço uma senhorinha que foi colega de escola da personagem da Joana Fomm", adianta, em conversa exclusiva com o Blog do Arcanjo no UOL.

Musa da TV: Isadora Ribeiro na abertura do "Fantástico" – Foto: Divuglação – Globo – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Considerada um dos rostos mais bonitos da década de 1980, Isadora foi a garota da abertura do "Fantástico" em 1987. Em 1989, a curitibana impressionou o país com seu corpo escultural na abertura da novela "Tieta", de Aguinaldo Silva, baseada no romance de Jorge Amado.

No começo do mês, Isadora foi destaque no 28º Festival de Teatro de Curitiba, quando apresentou com sucesso no Teatro Lala Schneider seu monólogo "Diário de Bordo".

A atriz vibra em ter feito sucesso em sua terra. "Sou de Curitiba e fui morar no Rio muito nova, por conta da minha carreira de modelo e depois como atriz. Já tinha participado do Festival como público, para curtir, mas esta foi a primeira vez com uma peça. Foi uma honra receber este convite. Afinal, o Festival de Teatro de Curitiba é o maior do país e da América Latina. É o sonho de consumo de todo ator", vibra.

Rainha medieval e coronel do Exército no cinema

Tanta proximidade com a terra natal rendeu frutos. Ela, que ganhou prêmio como melhor atriz no longa "Travessias", de Salete Machado, adianta que em breve estará nas telonas em dois novos filmes produzidos no Paraná.

"Fiz dois longas inéditos com cineastas do Paraná. Acabei de filmar 'A Última Locadora', do cineasta Semi Salomão, no qual faço uma rainha medieval que vai aparecer em uma fita VHS. E também filmei 'Cavaleiros do Céu", do cineasta Miguel Jr., no qual faço uma coronel do Exército. Duas personagens desafiantes", revela.

Com tantos trabalhos diferentes, Isadora manda um recado para os produtores de televisão e streaming: "Adoraria fazer séries em São Paulo. Estou vendo que estão produzindo muitas coisas interessantes, não só para a televisão, como também para Netflix. Podem me chamar, não importa se em teatro, cinema ou televisão. Eu quero trabalhar", avisa.

Isadora Ribeiro – Foto: Annelize Tozetto @annelizefotografia – Divulgação Festival de Curitiba – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Isadora Ribeiro quer fazer peça em SP e nas capitais

Isadora conta que produziu o espetáculo na capital do Paraná, quando precisou cuidar dos pais que estavam doentes e já faleceram. "Chamei um diretor italiano radicado em Curitiba, o Roberto Innocente, que é discípulo do Dario Fo, para me dirigir", conta. "A peça ainda tem trilha do Ney Carrasco e produção do Guilherme Oliveira", acrescenta.

E lembra que a obra tem texto literário premiado de sua filha primogênita, Maria Sampaio. "É um texto poético que me orgulho muito e com ele celebro meus 30 anos de carreira. Conta a história de três viajantes, três personagens diferentes que falam sobre solidão, liberdade e machismo", conta.

A atriz já viajou com a peça pelo circuito Sesc Paraná e fez duas temporadas no Rio, onde vive. "Agora falta São Paulo! Quero muito fazer temporada paulistana e viajar por outras capitais", avisa.

E finaliza o papo com um elogio ao evento de sua terra que a recebeu tão bem: "Fui muito bem tratada pelo Leandro Knopfholz, que é o diretor do Festival de Curitiba e comanda um exército de pessoas muito competentes nos bastidores, e pelo João Luiz Fiani, que é o dono do Teatro Lala Schneider, onde me apresentei. Curitiba é minha terra e sempre me acolhe com muito amor", pontua.

"Festival de Curitiba é isso: uma festa do teatro, onde todos ficam juntos, atores, jornalistas, diretores, produtores, é uma miscelânea de todos da arte, a cidade fica em festa. E eu também", define.

Bastidores: Isadora Ribeiro grava stories com o colunista Miguel Arcanjo Prado – Foto: Annelize Tozetto – Divulgação Festival de Curitiba – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Siga Miguel Arcanjo no Instagram!

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, TV Globo Minas, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes, Risadaria e Aplauso Brasil. Foi eleito duas vezes um dos dez melhores jornalistas do Brasil na categoria Cultura em Mídia Eletrônica pelo Prêmio Comunique-se.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e bastidores do Entretenimento e da Cultura de um jeito leve e inteligente.