Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Jurada de Xuxa abre Festival de Joinville e faz musical com Walcyr Carrasco

Miguel Arcanjo Prado

27/06/2019 07h39

A incansável Fernanda Chamma: coreógrafa participou do reality "Cultura, o Musical" na TV Cultura, dirige o musical "Aparecida" em SP, abrirá o Festival de Dança de Joinville, para onde levará seu Circuito Broadway e ainda está no júri da quinta temporada do reality "Dancing Brasil" na Record – Foto: Caio Gallucci/Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Com agenda movimentada, a coreógrafa e diretora Fernanda Chamma é uma das maiores especialistas em dança do Brasil, sobretudo a especializada para o teatro musical, do qual é uma das referências.

Prova disso é que ela foi convidada para dirigir o espetáculo que abre o 37º Festival de Dança de Joinville, em julho, "O Musical dos Musicais". Ela também leva à cidade do norte catarinense seu projeto Circuito Broadway, entre 18 e 21 de julho, que introduz crianças, adolescentes e adultos no mundo da dança – as inscrições estão abertas.

Além disso, Fernanda prepara em São Paulo a volta do musical "Aparecida", com texto de Walcyr Carrasco e sua direção. A superprodução que já foi vista por 50 mil pessoas reestreia dia 6 de julho, no Teatro Prevent Senior, dentro do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, onde fica em cartaz de quinta a domingo até 29 de setembro.

Fernanda, que acaba de participar do júri do reality "Cultura, o Musical", na TV Cultura, volta agora outra vez como jurada na quinta temporada do reality "Dancing Brasil", apresentado por Xuxa Meneghel na Record ao lado de Junno Andrade, que estreia em 3 de julho. Ela integra o júri ao lado do coreógrafo Jaime Arôxa e do ator Paulo Goulart Filho.

Em meio a tantos compromissos, Fernanda Chamma fez uma breve pausa para conversar com exclusividade com o Blog do Arcanjo sobre este momento de intensa produtividade. Leia com toda a calma do mundo.

Fernanda Chamma idealizou o Circuito Broadway, que leva a dança em musicais pelo Brasil afora – Foto: Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Miguel Arcanjo Prado — Qual a expectativa sobre o Circuito Broadway, como é levar sua experiência com a dança a outros lugares?
Fernanda Chamma — O Circuito Broadway vai ser muito interessante. Aliado ao Festival de Dança de Joinville, é uma ação que reúne participantes, jovens talentos, profissionais de dança, teatro e música em uma mesma cidade. Uma cidade que é pequena onde todo mundo se encontra e tem um intercâmbio muito bacana. E o teatro musical já está sendo implantado em diversas escolas e estúdios de todo o Brasil. Cada um com a sua linguagem, sua maneira, com as suas possibilidades de estudo. Temos inscritos de Manaus, do Acre, de Rondônia, é interessante como o teatro musical chegou nesses lugares, despertou o interesse. Isso é mágico, é muito gostoso, é uma oportunidade para a classe, para novas intenções de musicais Broadway, off Broadway, autorias, enfim, a gente estimula, incentiva, amplia, forma plateia e também agrega. E ainda tem muita gente que não sabe o que é teatro musical, então é muito gostoso. São mais de 6.000 participantes no festival, então a gente vai agregar o teatro musical com o Circuito Broadway. Que seja o primeiro de muitos! Estou com uma expectativa incrível e acho que vai funcionar demais!

Walcyr Carrasco e Fernanda Chamma nos bastidores de "Aparecida, Um Musical", que reestreia no Teatro Prevent Senior – Foto: Adriano Dória – Divulgação – Blog do Arcanjo – UOL

Miguel Arcanjo Prado — Como foi a primeira temporada de "Aparecida"? Alguma mudança ou algo que pode destacar na nova temporada?
Fernanda Chamma — Nós tivemos mais de 50 mil espectadores. Conseguimos levar ao espetáculo pessoas que nunca tinham pisado num teatro. Pessoas que são devotas e outras que não são, mas foram acompanhar e entraram num teatro. E isso foi muito bacana. Um espetáculo autoral sempre tem seus desafios e acho que a gente conseguiu, tanto eu como a equipe criativa conseguimos suprir as necessidades do texto do Walcyr Carrasco, que está acostumado a escrever para novelas, foi o seu primeiro musical, então foi um desafio de estrutura. E o Walcyr sempre foi muito gentil e aberto. Ficou muito bonito, emocionou e agora temos o desafio de dar continuidade. Toda nova temporada dá aquele frio na barriga. Tivemos algumas trocas no elenco. O teatro é mágico, o teatro é vivo então acredito que será um novo espetáculo, um novo tributo de Aparecida. As pessoas adoram, se emocionam e eu estou muito feliz com o projeto!

Fernanda Chamma, Walcyr Carrasco e Xuxa Meneghel com a equipe do musical "Aparecida" – Foto: Adriano Doria – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Miguel Arcanjo Prado — Você está de volta ao "Dancing Brasil", que volta em 3 de julho na Record. Gosta de ser jurada na TV? Por quê?
Fernanda Chamma — Adoro! Adoro televisão. Eu assino embaixo que é o maior programa de dança do Brasil. É para formados em dança, para coreógrafos. Os bailarinos têm uma outra linguagem, que é a minha formação, eu sou bailarina e coreógrafa. Eu adoro a casa, a Record e toda a equipe. Tenho uma proximidade com a Xuxa mais que especial e com os meus colegas de banca. O "Dancing Brasil" foi um presente e é um presente para a carreira de todo coreógrafo, bailarino. Em rede nacional, com todo aquele gigantismo e carinho, a gente leva para casas de todo o Brasil uma dança de qualidade, de entretenimento, desafios, superações, histórias. E agora ligando todas as perguntas, são projetos de dança, canto, teatro, entretenimento, mas sempre com um olhar amplo. De ampliar plateias, de atingir aqueles que estão mais distantes, mais longe do eixo Rio-São Paulo. Engraçado, percebi isso durante a entrevista [risos].

Fernanda Chamma, Jaime Arôxa e Paulo Goulart Filho, jurados do "Dancing Brasil" apresentado por Xuxa na Record – Foto: Lucas Henrique – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Miguel Arcanjo Prado — O que você percebeu?
Fernanda Chamma — Eu adoro apostar nos jovens talentos, apostar em espaços diversos para apresentar e adoro televisão, o ao vivo, a gente tem que estar sempre com o olhar atento por que se escapou alguma coisa ou falou alguma bobagem não tem volta, mas aí entra a expertise de ter muito tempo de ao vivo, sugerindo aos profissionais uma evolução e uma condição técnica de se achar no movimento, de achar a sua assinatura (que eu tanto falo), achar o seu estilo, é gostoso! Eu adoro!

Fernanda Chamma e Xuxa Meneghel – Foto: Arquivo Fernanda Chamma – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

Miguel Arcanjo Prado — Como é a relação com os colegas e a Xuxa?
Fernanda Chamma — Como falei na pergunta anterior, não poderia ser diferente. Eu tenho que acreditar no projeto para entrar de cabeça, corpo e alma e eu não consigo fazer isso se não tiver um carinho especial. É uma questão de temperamento. Eu sou assim! Então "Dancing Brasil" hoje faz parte do meu calendário, da minha história de vida. Nos falamos durante todo o ano, com a Xuxa, com a equipe, a gente se vê. A gente se curte muito no camarim. Saímos do estúdio, duas, três da manhã e vamos lá no churrasquinho do quiosque, rindo, curtindo, comentando, nos divertindo mesmo. Do diretor ao camareiro, toda a equipe. Só a Xuxa que não vai porque ela é vegana. O programa é um desafio, mas quando a "loira" entra com aqueles olhos cor de piscina brilhando e vem no camarim dar um oi não tem preço! Você se energiza para a semana! Isso é o privilégio de estar ao lado de Xuxa Meneghel e de um projeto maravilhoso e com uma equipe que não tenho palavras!

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Fernanda Chamma (@fernanda_chamma) em

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Miguel Arcanjo Prado (@miguel.arcanjo) em

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, TV Globo Minas, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes, Risadaria e Aplauso Brasil. Foi eleito duas vezes um dos dez melhores jornalistas do Brasil na categoria Cultura em Mídia Eletrônica pelo Prêmio Comunique-se.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e bastidores do Entretenimento e da Cultura de um jeito leve e inteligente.