Topo
Blog do Arcanjo

Blog do Arcanjo

Categorias

Histórico

Naruna Costa fala sobre ser 1ª mulher negra a ganhar APCA de Melhor Direção

Miguel Arcanjo Prado

30/06/2019 10h31

Naruna Costa: primeira mulher negra a ganhar Prêmio APCA de Melhor Direção em 61 anos da instituição de críticos paulistas – Foto: José de Holanda – Divulgação – Blog do @miguel.arcanjo – UOL

A convite do Blog do Arcanjo, a atriz e diretora Naruna Costa fala sobre o Prêmio APCA de Melhor Direção que ela recebeu neste mês por seu trabalho na peça "Buraquinhos ou o Vento É Inimigo do Picumã". O troféu fez dela a primeira mulher negra a ganhar o mais tradicional prêmio da crítica de arte brasileira em 61 anos de história da APCA. Leia o depoimento da artista:

"É super importante esse prêmio no sentido de que além de reconhecer um trabalho fora dos padrões convencionais do teatro no Brasil, que nasce de corpos negros periféricos dirigido por uma mulher, ele vai na contramão do que a gente tem com maior visibilidade no teatro. Além de reconhecer o valor desse trabalho, o Prêmio APCA apresenta e revela um processo de luta que estamos vivendo. Acho que tudo isso é sinal de que estamos conseguindo avançar, ainda que minimamente, na conquista de alguns territórios. Essa disputa de territórios tem gerado resultados positivos tanto para a luta racial quanto a luta feminista. Então, é muito bom poder fazer parte disso. Eu acho que sendo eu a pessoa que está inaugurando esse espaço me causa uma alegria muito grande e ao mesmo tempo uma responsabilidade por abrir esse caminho na expectativa de que muitas outras venham a partir disso. Mas, também tudo é muito frágil ainda e pode mudar a qualquer momento. Fica o alerta. O prêmio tem essas duas características: sim, ele reconhece isso, e isso é muito bom, mas ele também revela um processo de racismo estrutural e de machismo estrutural que nunca permitiu que mesmo sendo um prêmio tão tradicional com tantos anos de estrada, ele tenha colocado no palco mulheres, especialmente mulheres negras. Ano passado, se não me engano foi a primeira mulher a ganhar o prêmio [Bia Lessa, por "Grande Sertão: Veredas"] e, nesse ano, a primeira mulher negra. Algo está mudando no miolo da comissão julgadora: a presença do crítico Miguel Arcanjo Prado, a presença de críticas mulheres [Kyra Piscitelli e Gabriela Mellão], tudo isso é bem significativo. Tudo isso revela um grande processo no Brasil, de luta, que é preciso ressaltar. Me sinto muito feliz e acredito, sim, que a representatividade importa muito. Então, é muito bom poder fazer parte disso."

Naruna Costa

diretora da peça "Buraquinhos ou O Vento É Inimigo do Picumã"

Nota do colunista: Para celebrar o Prêmio APCA de Melhor Direção a Naruna Costa, o espetáculo "Buraquinhos ou O Vento É Inimigo do Picumã" faz sessões no Itaú Cultural (av. Paulista, 149), de 9 a 12 de julho, sempre às 19h, com entrada gratuita.

Veja lista completa dos ganhadores do Prêmio APCA

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Naruna Costa (@narunacosta) em

Siga @miguel.arcanjo no Instagram

Sobre o autor

Miguel Arcanjo Prado é jornalista, mestre em Artes pela UNESP, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP e bacharel em Comunicação Social pela UFMG. É crítico da APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes), da qual foi vice-presidente. Mineiro de Belo Horizonte, vive em São Paulo desde 2007. Passou por O Pasquim 21, TV UFMG, Rádio UFMG Educativa, TV Globo Minas, Curso Abril de Jornalismo, Superinteressante, Contigo!, Folha de S.Paulo, Agora, Uma, R7, Record, Record News, Rede TV!, Claudia, Band, Gazeta e Rede Brasil. É jurado dos prêmios APCA, do Humor, Bibi Ferreira, Sesc Melhores Filmes, Risadaria e Aplauso Brasil. Foi eleito duas vezes um dos dez melhores jornalistas do Brasil na categoria Cultura em Mídia Eletrônica pelo Prêmio Comunique-se.

Sobre o blog

O Blog do Arcanjo mostra o que acontece e quem é destaque nos palcos, telas, salas e bastidores do Entretenimento e da Cultura de um jeito leve e inteligente.